GR43 – Grande Rota do Património e do Ambiente das Terras Altas de Fafe

Há meses que temos uma Grande Rota (GR) de elevado interesse à nossa espera e a divulgação pela entidade promotora – Município de Fafe – tarda em chegar. Como não podemos esperar mais, damos nós o salto na promoção da GR43 – Grande Rota do Património e do Ambiente das Terras Altas de Fafe.

GR43

Graças ao gentil empréstimo, por parte da associação Restauradores da Granja, do folheto da GR em formato digital que aqui transcrevemos parcialmente e a vários contributos de pedestrianistas, corredores, e ciclistas, é finalmente possível reunir informações suficientemente abrangentes e úteis para quem se queira aventurar a percorrer esta rota, a caminhar, a pedalar, ou a correr como nós!

Descrição

Nada melhor do que transcrever o folheto informativo:

A Grande Rota do Património e do Ambiente das Terras Altas de Fafe é uma rota temática, ou seja, é um percurso pedestre que inclui pontos de interesse histórico, cultural e paisagístico, contribuindo para o reforço de identidade das populações com o seu território, exaltando valores culturais e patrimoniais.

O itinerário tem uma extensão de 50 km, em circuito, que podemos dividar em três etapas: de Várzea Cova a Mós; de Mós a Pontido; e de Pontido novamente a Várzea Cova. Atravessando quinze núcleos rurais, proporciona uma descoberta de um território onde Homem e Natureza operaram em harmonia, numa combinação de saberes intemporais, possibilitando-nos transformar cada momento numa experiência de gentes e memórias, sem tempo nem idade.

O objetivo é dar a conhecer – além de preservar e promover – o património construído e natural que se poderá encontrar na zona norte do concelho de Fafe. Oferecendo uma estrutura organizada de visita, possibilita o seu usufruto a todos os visitantes e disponibiliza um conjunto de sinais e informações úteis, com o propósito de orientar e instruir o pedestrianista que o deseje percorrer.

É importante referir que esta GR partilha, em cerca de metade do trajeto, os trilhos de vários PRs do concelho de Fafe, nomeadamente:

  • PR1 – Rota do Maroiço
  • PR2 – As Aldeias das Margens do Rio Vizela
  • PR3 – À Descoberta de Aboim
  • PR5 – Rota dos Espigueiros
  • PR7 – Pelos Caminhos de São João da Ramalheira

Quem conhece estes PRs consegue antecipar a beleza e o peculiar interesse da GR43. Os autores da rota propõem que esta seja feita em três etapas, o que nos parece razoável para quem a pretende realizar em caminhada. A correr ou em bicicleta, faz-se perfeitamente num só dia.

As três etapas da GR

Percurso

O percurso abaixo representado ilustra as três etapas sugeridas, com os vários pontos de interesse. Para quem quiser carregar o percurso em algum dispositivo móvel com GPS, pode transferi-lo a partir daqui (registo recolhido no Free GR43).

Percurso

Ao longo do percurso, além das pitorescas aldeias, pode-se encontrar vários pontos de interesse, como densos carvalhais, várias ribeiras, velhos moínhos de água e de vento, pisões, espigueiros, antigas pontes, marcos medievais, capelas, mamoas, e curiosas formações graníticas.

A altimetria, representada abaixo, obtida do folheto oficial e do Google Earth, prevê vários declives acentuados, com desnível acumulado de cerca de 3000m.

Altimetria oficial

Altimetria oficial

gr43-elevation

Altimetria recolhida no Free GR43, com partida em Várzea Cova

Ficha técnica

Nível de dificuldade: médio a elevado, com desníveis algo acentuados.

Partida e chegada, dividida em três etapas:

  1. Várzea Cova – Mós (41º 30′ 516” N, 08º 04′ 169” W)
  2. Mós – Pontido (41º 33′ 128” N, 08º 06′ 226” W)
  3. Pontido – Várzea Cova (41º 30′ 445” N, 08º 09′ 401” W)

Altitude:

  • Máxima: 820m (monte das Lameiras)
  • Mínima: 400m (barragem da Queimadela)

A GR43 é um percurso marcado nos dois sentidos, segundo as normas da Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal. As marcas com tinta branca e vermelha são:

Marcações

Quando a GR43 coincide com alguma PR – pequena rota – existente, encontrará a seguinte marca:

Caminho certo de PR em GR

Descanso

É possível encontrar alojamento em Mós (Casa de Fora e Casa de Mós), Pontido (Turismo de Aldeia), Barragem da Queimadela (Parque de Campismo), e Várzea Cova (Piovácora Parque Pesca). Ao longo do percurso há vários cafés e restaurantes, nomeadamente em Várzea Cova, Bastelo, Aboim, Luílhas, Monte, Pontido, Barragem da Queimadela, Pedraído, e Lagoa. Há também a visitar o Museu do Moínho e do Povo de Aboim e centros de artesenato em Aboim, Gontim, Monte, Pedraído, Lagoa, e Várzea Cova.

Álbum fotográfico

Anúncios

One thought on “GR43 – Grande Rota do Património e do Ambiente das Terras Altas de Fafe

  1. Pingback: Dicas para o Free GR43 | Ronda dos Cumes Sagrados

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s